segunda-feira, 29 de abril de 2013

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA- 2º BIMESTRE 5º AN0

domingo, 28 de abril de 2013

O leão e o rato com interpretação textual

O leão e o rato


Estava um rato prestes a ser devorado por um gato faminto quando um leão que passava por perto, comovido com seu desespero, espantou o gato pra longe. Refeito do susto, o ratinho agradeceu:
– Muito obrigado por salvar minha vida, majestade. O senhor é o rei da floresta e não precisaria se incomodar com um ser tão insignificante como eu. Mas um dia eu hei de lhe retribuir este favor.
O leão, que não havia feito aquilo pensando em recompensa, seguiu o seu caminho:
– Pobre ratinho, como poderia ele retribuir um favor ao rei dos animais?
No dia seguinte, o leão estava andando distraído quando pisou numa rede estendida para aprisioná-lo. Assim que pôs a pata na armadilha, a rede se fechou sobre o seu corpo.
           – Ai de mim. Ficarei aqui a noite inteira até que cheguem os caçadores e me matem sem dó nem piedade.
Eis que pela estrada vem passando o ratinho seu amigo. Ao ver o leão naquela situação, prontificou-se no mesmo instante:
          –  É já que vou retribuir o favor que você me fez.
          E pôs-se a roer as cordas até livrar o leão da rede dos caçadores.

    Fábulas de Esopo. Adapt. de Ivana Arruda Leite. São Paulo: Escala Educacional. 2004.



QUESTÃO 01
A fábula recebeu esse título porque:
a) indica que o leão é o rei dos animais.
b) indica quem são os personagens principais.
c) indica que o leão e o rato são os personagens secundários.
d) nega os fatos importantes acontecidos com todos os personagens.

QUESTÃO 02
A atitude do leão para salvar o rato demonstra:
a) inveja do gato.
b) piedade pelo rato.
c) desprezo pelo rato.
d) egoísmo por ser mais forte.

QUESTÃO 03
O sentimento do rato em relação à atitude do leão indica:
a) astúcia.
b) vaidade.
c) gratidão.
d) liberdade.

QUESTÃO 04
O leão foi aprisionado por causa:
a) da sua distração.
b) da mata fechada.
c) do desejo de vingança do gato.
d) do seu desconhecimento do ambiente.

QUESTÃO 05
O ensinamento coerente com os fatos dessa fábula é:
a) O orgulho leva à morte.
b) É melhor confiar desconfiando.
c) Quando a sorte muda, os fortes necessitam dos fracos.
d) Aos poderosos, tudo se desculpa; aos miseráveis, nada se perdoa.
QUESTÃO 06
O trecho “[...] quando pisou numa rede estendida para aprisioná-lo” comprova que
os caçadores pretendiam:
a) caçar o leão.
b) ajudar o rato.
c) testar a armadilha.
d) caçar qualquer animal.

QUESTÃO 07
O adjetivo pobre, empregado no 4º parágrafo, expressa:
a) posição social.
b) falta de dinheiro.
c) motivo de orgulho.
d) digno de compaixão.

QUESTÃO 08
No texto, a palavra que significa próximo de acontecer é:
a) prestes.
b) retribuir.
c) comovido.
d) prontificou-se.

QUESTÃO 09
O verbo refazer foi empregado no texto como sinônimo de:
a) reparar, arrumar.
b) reorganizar, reformar.
c) fazer de novo, corrigir.
d) restaurar as forças,revigorar-se.

QUESTÃO 10
A fala do leão preso na armadilha confirma o sentimento de:
a) falta de esperança em ser salvo.
b) surpresa com a atitude dos caçadores.
c) esperança de chegar um amigo e salvá-lo.
d) certeza de que ia livrar-se sozinho da armadilha.

 Atividade enviada por Amanda Cangussu para Professores Solidários.

Avaliação diagnótica de ciências sociais




Video A revolta dos livrinhos - Para incentivar o gosto a leitura


A menina que odiava livros


O leão e o ratinho

O Leão e o Rato
Um Leão, cansado de caçar, dormia espichado de baixo da sombra boa de uma árvore. Vieram uns ratinhos passear em cima dele e ele acordou. Todos conseguiram fugir, menos um, que o leão prendeu debaixo da pata e estava pronto para matá-lo, quando o Rato suplicou:
- Se o senhor poupasse minha vida, tenho certeza que poderia um dia retribuir sua bondade.
O Leão deu uma gargalhada de desprezo e o soltou.
Aconteceu que pouco depois disso o Leão foi capturado por caçadores que o amarraram com fortes cordas no chão.
O Rato, reconhecendo seu rugido, se aproximou, roeu as cordas e libertou-o dizendo:
- O senhor achou ridículo a idéia de que eu jamais seria capaz de ajudá-lo. Nunca esperava receber de mim qualquer compensação pelo seu favor; Mas agora sabe que é possível mesmo a um Rato conceber um favor a um poderoso Leão.
Moral da História: uma boa ação ganha outra.
———————————–
Atividades de interpretação:
1) Responda:
a)Em que ambiente essa história acontece?
b) Quais os personagens do texto?
c) Qual a boa ação praticada pelo leão?
d) De que forma o ratinho retribuiu a boa ação do leão?
e
) Você acha importante ter amigos? Por quê?

cadeia alimentar

Atividades de leitura e escrita

Atividades de alfabetização

Ortografia M e N - Lenda Iara

Produção textual- Santo Tomás e o Papagaio Cracrá

Geometria / sólidos e figuras planas- vértices, arestas e faces


retirado do blogluzdivina.blogpost.com

sábado, 27 de abril de 2013

Texto informativo - Interpretação textual para montar avaliação

SAPOS, RÃS E PERERECAS



Antes de se tornarem adultos, os sapos são girinos no início da vida. A transformação pela qual eles passam também ocorre com outros anfíbios e insetos, e tem nome: metamorfose!

Sapos, rãs e pererecas, por exemplo, passam por uma transformação extraordinária: seu corpo, seu comportamento e até a forma como esses animais se relacionam com o meio em que vivem passam por uma reestruturação. Não que eles virem príncipes ao serem beijados por uma princesa. Mas a mudança é tão radical quanto à das fábulas. Afinal, os girinos são larvas de sapos, rãs ou pererecas e não se parecem em nada com os bichos que irão se tornar quando adultos!

Suas características comprovam isso: em geral, os girinos são aquáticos. Estão em riachos, lagos, poças ou na água acumulada em bromélias, um tipo de planta. Têm, acredite, algo em comum com os peixes. Sim, com peixes!!! Adaptados a viver na água, os girinos possuem, no corpo, estruturas semelhantes às desses animais, como brânquias, que retiram o oxigênio da água. Por meio delas, eles respiram!

Uma das grandes diferenças entre girinos, sapos, rãs e pererecas está na boca. Embora o formato dela varie com a alimentação e a espécie, muitos girinos têm um bico feito da mesma substância que forma as unhas e os dentes. Basta que a fase de girino chegue ao fim, para que a larva se pareça cada vez mais com o sapo, com a rã ou com a perereca que será no futuro!

Sapos, rãs e pererecas. Ciência hoje das crianças, Rio de Janeiro, out. 2003. 

1. Antes de se tornarem adultos, sapos, rãs e pererecas são:

(a) animais que vivem muito.
(b) bichos que não se transformam.
(c) filhotes de peixes de rio.
(d) larvas chamadas girinos.

2. Em “... E até a forma como esses animais se relacionam”, a expressão esses animais está substituindo:
(a) rãs e pererecas.
(b) rãs e sapos.
(c) sapos e pererecas.
(d) sapos, rãs e pererecas.

3. Em “sapos, rãs e pererecas passam por uma transformação extraordinária”, a palavra grifada significa:
(a) fantástica.
(b) muito leve.
(c) normal.
(d) pequena.

4. O texto trata:
(a) da maneira como muitos filhotinhos vivem nas bromélias.
(b) da mudança profunda que acontece na vida de alguns animais.
(c) do modo como vivem principalmente os animais aquáticos.
(d) dos alimentos preferidos dos sapos.

5. Os girinos podem viver na água porque têm:
(a) bico.
(b) brânquias.
(c) pulmões.
(d) unhas.

6. O texto que você leu:
(a) ensina como alguns bichos se transformam.
(b) explica como são os sapos dos contos de fadas.
(c) informa como sobrevivem sapos, rãs e pererecas.
(d) mostra como os sapos conseguem virar príncip 

Texto para avaliação 4/5º anos com alternativas A incapacidade de ser verdadeiro

A incapacidade de ser verdadeiro




Paulo tinha fama de mentiroso. Um dia chegou em casa dizendo que vira no campo dois dragões-da-independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas.

A mãe botou-o de castigo, mas na semana seguinte ele veio contando que caíra no pátio da escola um pedaço de lua, todo cheio de queijo. Desta vez Paulo não só ficou sem sobremesa como foi proibido de jogar futebol durante quinze dias.

Quando o menino voltou falando que todas as borboletas da terra passaram pela chácara de Dona Elpídia e queriam formar um tapete voador para transportá-lo ao sétimo céu, a mãe decidiu levá-lo ao médico. Após o exame, o Dr. Epaminondas abanou a cabeça:

– Não há nada a fazer, dona Colo. Este menino é mesmo um caso de poesia.

Andrade, Carlos Drummond de. A incapacidade de ser verdadeiro. 

1. Quando Paulo chegou em casa dizendo que vira no campo dois dragões-da-independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas, a mãe:
(a) colocou-o de castigo.
(b) deixou-o sem sobremesa.
(c) levou-o ao médico.
(d) proibiu-o de jogar futebol.

2. A mãe de Paulo ficou preocupada com o filho porque ele:
(a) machucou-se no pátio da escola.
(b) contava histórias criativas.
(c) desistiu de jogar futebol.
(d) queixou-se do médico.

3. A preocupação da mãe que a fez levar o filho ao médico deveu-se à:
(a) fábula dos dragões-da-independência cuspindo fogo e lendo fotonovelas.
(b) história do pedaço de lua, cheio de queijo no pátio da escola.
(c) passagem das borboletas pela chácara de dona Elpídia formando um tapete voador.
(d) imaginação do menino ao criar suas histórias fantasiosas.

4. O parecer do médico “este menino é mesmo um caso de poesia”, sugere que Paulo:
(a) agia dessa forma pelo excesso de castigo.
(b) brincava com coisas verdadeiras.
(c) era um menino imaginativo e criativo.
(d) estava precisando do carinho familiar.

5. Dona Coló castigava o filho porque acreditava que ele estivesse:
(a) brincando.
(b) sonhando.
(c) mentindo.
(d) teimando.

6. O texto sugere que :
(a) mentira e teimosia andam juntos.
(b) mentira e fantasia são sinônimos.
(c) mentira e sonho parecem brincadeiras.
(d) mentira e imaginação são diferentes.

Desperdício de água como evitar

SAIBA COMO EVITAR O DESPERDÍCIO DE ÁGUA 


Precisamos preservar o meio ambiente economizando água e evitando o desperdício. 
Para contribuir com a economia desse recurso natural fundamental para nossa existência listamos algumas dicas:
- Ao escovar os dentes evite deixar a torneira aberta, abra somente quando for enxaguar. Faça o mesmo quando for fazer a barba ou lavar as mãos. 
- Evite dar descargas sem necessidade, e quando fizer aperte a válvula somente durante o tempo necessário. 
- Evite banhos muito demorados, no máximo até 6 minutos seria o ideal. 
- Ao lavar louça deixe os pratos, panelas de molho, e mantenha a torneira fechada na hora de ensaboar. 
Seguindo essas dicas você contribui não só com a preservação da água, como também economiza seu dinheiro, reduzindo as contas de água.

...................................................

1- Na frase “Para contribuir com a economia desse recurso natural fundamental para nossa existência” A palavra sublinhada refere-se a que recurso natural? 
( ) Ao planeta Terra
( ) Ao desperdício
( ) A água
( ) A economia 

2- Esse texto fala sobre: 
( ) Que todo mundo gasta água
( ) Dá dicas sobre como economizar água
( ) Como os peixes precisam de água.
( ) Ensina a escovar os dentes

3- Qual das alternativas abaixo tem o mesmo sentido da frase: “Precisamos preservar o meio ambiente”. 
( ) Nós estamos destruindo o meio ambiente.
( ) Eles estão criando um novo planeta.
( ) Nós devemos cuidar da natureza.
( ) Podemos destruir livremente o meio ambiente.

4- Cite três lugares onde podemos encontrar água no planeta Terra. 
a) ______________________ 
b) ______________________ 
c) _______________________

5- Quais são os três estados físicos em que a água pode ser encontrada? 

.................................................................................................................................

6- Numere fazendo a correspondência entre as características da água e o seu significado: 

1- Incolor                    ( ) sem sabor

2- Insípida                   ( ) sem cheiro

3- Inodora                   ( ) sem cor


7- Marque somente a alternativa que está INCORRETA: 
( ) A água pode dissolver muitas substâncias.
( ) No ambiente, a água está em constante movimento formando um ciclo.
( ) Os três estados físicos da água são: sólido, líquido e gasoso.
( ) A água é um recurso natural sem importância.

8-Numere corretamente:
1-Condensãção                             (  ) do sólido para o líquido
2-Vaporização                               (  ) do gasoso para o líquido
3-Fusão                                         (  ) do líquido para o sólido
4-Solidificação                               (  ) do líquido para o gasoso
 
 9- Onde encontramos a maior parte da água que existe em nosso planeta e por que ela não pode ser usada para o nosso consumo?
...................................................................................................................................
 

Texto para montar avaliação


Pescaria


Um homem
Que se preocupava demais
Com coisas sem importância
Acabou ficando com a cabeça cheia de minhocas.
Um amigo lhe deu então uma idéia
De usar as minhocas
Numa pescaria
Para se distrair das preocupações,
O homem se distraiu tanto
Pescando
Que sua cabeça ficou leve
Como um balão
E foi subindo pelo ar
Até sumir nas nuvens.
Onde será que foi parar?
Não sei
Nem quero me preocupar com isso.
Vou mais é pescar.

Fonte: Paes, José Paulo.Pescaria.In.Palavra de poeta.São Paulo: Ática,2002


No verso “acabou ficando com a cabeça cheia de minhocas”, a expressão grifada poderia se substituída por
(A) minhocas penduradas nos cabelos.
(B) Muitas dores de cabeça
(C) A cabeça cheia de preocupações.
(D) Muitas preocupações com as minhocas

Procura-se!




Os beija-flores ou colibris estão entre as menores aves do mundo e são as únicas capazes de ficar voando no mesmo lugar, como um helicóptero, ou de voar para trás. Para isso, porém, as suas pequenas asas precisam movimentar-se muito depressa, o que gasta muita energia. Assim, eles precisam se alimentar bastante, e algumas espécies podem comer em um único dia até oito vezes o seu próprio peso. Uau!

O Balança-Rabo-Canela é um beija-flor pequeno que pesa apenas nove gramas e só existe no brasil. Ele tem as costas esverdeadas e a parte de baixo do corpo na cor canela, com um tom mais escuro na garganta. As penas da cauda, por sua vez, são de cor bronze e têm as pontas brancas. A ave possui ainda uma fina listra branca em cima e embaixo dos olhos.

Assim como os outros beija-flores, o Balança-Rabo-Canela geralmente se alimenta de pequenos insetos, aranha e néctar, um líquido doce produzido pelas flores. Para sugá-lo, essas aves têm uma língua com ponta dupla, que forma dois pequenos canudos.

É comum os beija-flores ficarem com os grãos de pólen das flores grudados nas penas e no bico depois de sugarem o néctar. Assim, acabam levando-os de uma flor a outra, à medida que seguem seu caminho. Como as flores precisam do pólen para produzir sementes, os beija-flores, sem querer, ajudam-nas ao fazer esse transporte e acabam beneficiados também, afinal, o néctar das flores é um dos seus alimentos.

Os beija-flores enxergam muito bem, e muitas flores possuem cores fortes, como vermelho ou laranja, para atraírem a sua atenção. Embora muito pequenas, essas aves são muito valentes e sabem defender seus recursos, como as flores que utilizam para se alimentar. Assim, alguns machos podem até expulsar as fêmeas da sua própria espécie caso elas cheguem perto da comida. Na luta pela sobrevivência parece não haver espaço para gentileza, machos e fêmeas geralmente se juntam apenas na época da reprodução.

O Balança-Rabo-Canela coloca seus ovos de setembro a fevereiro e choca-os durante 15 dias. A fêmea é quem constrói o ninho e também cuida dos filhotes por quase um mês após o nascimento para que eles consigam sobreviver sozinhos.

O pequeno Balança-Rabo-Canela está ameaçado de extinção por conta da destruição do ambiente onde vive, ou seja, do seu habitat. As matas, que servem de lar para essa ave, estão sendo destruídas de maneira acelerada para a criação de animais, o cultivo de alimentos, a instalação de indústrias e pelo crescimento das cidades. Portanto, precisamos preservá-las para que esse belo beija-flor não desapareça para sempre.

Fonseca, Lorena c.n; Alves, Maria Alice. Procura-se! Ciência hoje para crianças, Rio de Janeiro, n.159, jul. 2005. 

1- O Balança-Rabo-Canela é um beija-flor que:
(a) pesa apenas nove gramas. 
(b) põe ovos o ano inteiro. 
(c) possui uma lista branca nas asas. 
(d) tem as costas cor de bronze. 

2- Em “assim, acabam levando-os de uma flor a outra, à medida que seguem seu caminho”, o termo destacado refere-se a:
(a) brotos em geral. 
(b) colibris pequenos. 
(c) grãos de pólen. 
(d) insetos comestíveis. 

3- O Balança-Rabo-Canela, depois de sugar o néctar:
(a) alimenta-se de insetos variados. 
(b) auxilia as fêmeas na criação dos filhotes. 
(c) contribui para a reprodução das flores. 
(d) cuida dos filhotes por quase um mês. 


4- Os beija-flores estão ameaçado de extinção por que:
(a) comem até oito vezes o seu próprio peso. 
(b) o ambiente em que eles vivem está sendo destruído. 
(c) gastam muita energia para voar. 
(d) têm de lutar constantemente por seus recursos. 


5- O texto “procura-se!”:
(a) informa sobre o perigo de extinção dos beija-flores chamados de “Balança-Rabo- Canela”. 
(b) inventa algumas características sobre os beija-flores chamados de “Balança-Rabo-Canela”. 
(c) traz um relato de experiência científica com os beija-flores chamados de “Balança-Rabo-Canela”. 
(d) anuncia que alguém está procurando beija-flores chamados de “balança-rabo-canela” para comprar. 


6- A questão central tratada no texto é:
(a) a preservação dos beija-flores. 
(b) a reprodução de animais silvestres
(c) o crescimento das cidades. 
(d) o hábito alimentar das aves. 

Feira de livro Ribeirão Preto


A 5ª feira nacional do livro de Ribeirão Preto, que começa hoje e vai até o dia 18, deverá reunir cerca de 300 escritores no centro do município do interior paulista. O evento é um dos maiores do país e a meta da organização é repetir os números de 2004: cerca de 290 mil visitantes e venda de 342 mil livros. Como neste ano São Paulo não teve a sua bienal internacional, a feira de Ribeirão Preto, uma das maiores do mundo a céu aberto, torna-se a maior do estado. Um dos destaques deste ano é a presença da escritora Nélida Piñon, a primeira brasileira a ganhar o prêmio Príncipe das Astúrias das Letras. Ela estará no salão de idéias no domingo, dia 11, às 19 horas, no anfiteatro da biblioteca Padre Euclides.

A feira começa oficialmente hoje, às 19 horas, e estará aberta nos demais dias das 9 às 21 horas, nas praças xv de novembro e Carlos Gomes. A patrona deste ano é Lucília Junqueira de Almeida prado e as homenagens serão para o estado de Pernambuco e para a Espanha. A escritora Clarice Lispector, que completaria 85 anos de nascimento este ano, também será homenageada.

O Estado de S. Paulo, São Paulo, 9 set. 2005. Caderno 2, p. D4. 

1- O patrono da 5ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto é:
(a) Clarice Lispector. 
(b) Carlos Gomes. 
(c) Lucília Junqueira de Almeida Prado. 
(d) Padre Euclides. 

2- No trecho “o evento é um dos maiores do país”, o termo destacado refere-se:
(a) à Bienal Internacional do Livro de São Paulo. 
(b) à 5ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto. 
(c) ao estado de Pernambuco e à Espanha. 
(d) ao prêmio Príncipe das Astúrias das Letras. 

3- A notícia jornalística apresenta as informações na seguinte ordem: 
(a) a 5a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto começa hoje; a meta da organização é repetir os números de 2004; serão homenageados o estado de Pernambuco e a Espanha. 
(b) a 5a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto começa hoje; serão homenageados o estado de Pernambuco e a Espanha; a meta da organização é repetir os números de 2004. 
(c) a meta da organização é repetir os números de 2004; a 5a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto começa hoje; serão homenageados o estado de Pernambuco e a Espanha.
(d) a meta da organização é repetir os números de 2004; serão homenageados o estado de Pernambuco e a Espanha; a 5a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto começa hoje. 

4- Das alternativas abaixo aquela que indica uma opinião é:
(a) “a feira começa oficialmente hoje, às 19 horas”. 
(b) “a 5a Feira deverá reunir cerca de 300 escritores”. 
(c) “a 5a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto vai até o dia 18”. 
(d) “Nélida Piñon estará no salão de idéias no domingo”. 

5- Esta notícia foi retirada do jornal:
(a) Vale Paraibano
(B) Folha de S. Paulo
(c) O Estado de S. Paulo
(d) Gazeta Mercantil

Historia em quadrinhos - Gramática _ Usos dos porquês